Como pagar dívidas acumuladas

Dívida é praticamente a escravidão do mundo moderno!

Precisa de uma casa? Empréstimo.

Precisa de um carro? Empréstimo.

Educação? Empréstimo.

A menos que você tenha um bom equilíbrio e planejamento financeiro, a maioria das coisas que você quer conseguir só será por meio de empréstimo e com isso você só vai se afundando nas dívidas.

O problema também é quando você nem tem como mais pegar empréstimo porque seu nome já está sujo devido ao acúmulo de dívidas?

É; o caso é serio mesmo!

Infelizmente se você não providenciar um meio de como pagar dívidas acumuladas você também será “escravo” delas.

E não adianta desanimar quando lembra das dívidas atuais e das que ficaram para trás com valores cada vez mais alto e que parecem ser impagáveis.

Como este obstáculo tem sido o mais comum problema para quem quer mudar a situação financeira, apresentamos aqui para você as melhores formas de como pagar dívidas acumuladas para você iniciar a negociação com seus credores.

Acompanhe!

Liste todas suas dívidas

Faça uma lista de tudo o que você estiver devendo e com pagamento atrasado:

  • Carnês.
  • Cheque especial.
  • Cartões de crédito.
  • Prestações, etc.

Coloque o valor de pagamento mensal, a taxa de juros e o total devido para cada um dos itens.

Sempre é possível buscar uma redução com o credor

Independente de quanto seja o valor das dívidas acumuladas, sempre é possível que você consiga uma redução com seu credor, desde que seja feita uma proposta confiável e passível de ser cumprida.

Não vai adiantar nada você procurar o credor sem que você tenha uma possibilidade e prazo mensal de pagamento da dívida.

Por exemplo, se o valor da dívida é mil reais, ofereça algo que caiba no seu orçamento com viabilidade: uma entrada de 100 (10% do valor) e 18 prestações de R$ 50 com data definida para pagamento, que você deve obedecer tanto para dar credibilidade à negociação quanto para contribuir com a autodisciplina.

Não espere mais!

Procure o credor o quanto antes e não deixe mais o tempo passar e muito menos a vergonha prevalecer.

Mostrando seu interesse em quitar a dívida seus credores também irão fazer propostas para a negociação; afinal, eles também querem receber.

Deixe claro para eles qual sua condição e como você pode pagar a dívida para que ela não continue acumulando.

Analise formas de conseguir um dinheiro extra

Veja se é possível que você consiga obter uma renda extra para ajudar na quitação das dívidas e não pegue empréstimo para pagar os volumes em atraso para que este não seja mais um item a integrar o seu montante de dívidas.

Porém se você conseguir uma linha de empréstimo com juros mais baixos é interessante você optar pela consolidação de dívidas.

Essa consolidação é viável somente se você tiver cartões de créditos atrasados, cheque especial e outros pagamentos em dívida que sofrem taxas de mora e juros altos.

E se você decidir por consolidar a dívida, lembre que dali por diante o novo empréstimo deve ser priorizado o pagamento para evitar um novo descontrole financeiro.

Combinado?

Para fazer isso somente quando puder, dificilmente acontecerá.

Então:

  • Como pagar dívidas acumuladas?
  • Como pagar dívidas com pouco dinheiro?
  • Preciso pagar minhas dívidas urgente!
  • Como sair das dívidas?

As respostas para todas essas perguntas são as mesmas, e são exatamente o que você acabou de aprender aqui com essa leitura.

Não há formula mágica.

E se você precisa de ajuda para resolver essa situação, nosso serviço de coaching financeiro está pronto para te auxiliar a recuperar suas finanças para você realizar seus sonhos e viver com mais tranquilidade.

Conte com nossa coach em finanças, uma profissional apta a avaliar junto com você a situação financeira em que você se encontra e, com isso, te ajudar a definir prioridades, avaliar seus rendimentos, procurar soluções eficazes para você se livrar das dívidas acumuladas, dentre outros aspectos importantes para você superar seus obstáculos financeiros.

Será uma satisfação te atender!

Um forte abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *