Como planejar e controlar as finanças da sua empresa?

Tenho que te informar que se você não fizer um planejamento financeiro e também o controle financeiro, certamente você vai ficar perdido em relação as suas finanças – o que acaba influenciando negativamente em tudo que você pretende realizar.

Isso leva a uma série de problemas como, por exemplo, deixar de pagar as contas de modo correto, gastar demais ao longo do mês, entre outras situações.

E é por isso que neste artigo vou te explicar como o planejamento financeiro e o controle financeiro andam juntos para o seu sucesso no mundo das finanças.

Planejamento financeiro – o que é

Tudo que diz respeito às metas financeiras que você quer atingir é o planejamento financeiro.

Ele se preocupa no “como” as coisas devem ser feitas.

Assim, um planejamento financeiro é um documento que aponta as diretrizes para que uma ideia se torne rentável, definindo metas de controle para garantir que se tenha uma quantia suficiente e o cumprimento das metas propostas para longo, médio e curto prazos.

Logo, um fazer um bom planejamento financeiro traz muitos benefícios como, por exemplo, avaliar o ambiente interno e externo, traçar um norte para a gestão e desenvolver métodos de controle.

Controle financeiro – o que é

Por outro lado, o controle financeiro é todo um conjunto de ações utilizadas para checar se o que foi definido no planejamento financeiro está sendo cumprido e quais as medidas necessárias para acertar possíveis erros e falhas.

E dentre os principais métodos de controle financeiro, os seguintes merecem destaque:

  • Gestão de custos.
  • Balanço patrimonial.
  • Fluxo de caixa.
  • Análise de lucratividade e ponto de equilíbrio.
  • Demonstrativo do Resultado do Exercício.
  • E Gestão Orçamentária.

Mas quais os benefícios do controle financeiro?

Esse tipo de operação apresenta diversos benefícios.

Vamos conhecer alguns deles:

  • Capacidade de poder realizar feedbacks precisos junto aos colaboradores e gerentes.
  • Agiliza a tomada de decisão evitando a gestão reativa e dando lugar a uma gestão proativa.
  • Integração efetiva com os dados do negócio.

Dessa forma, planejamento financeiro significa prever as ações que ainda serão executadas, estimar recursos e também estabelecer estratégias para que os objetivos sejam cumpridos.

No entanto, muitos cometem o erro de não fazer um controle financeiro adequado à todas suas movimentações financeiras, seja a capacidade de:

  • Compromissos financeiros.
  • Pagamento.
  • Gastos e custos.
  • Projeções de vendas e compras.
  • Recursos disponíveis.
  • Capital de giro, etc.

Planejamento financeiro e controle financeiro andam juntos

Como você pode notar, o planejamento financeiro e controle financeiro são ferramentas indissociáveis, isto é, você precisa planejar as finanças bem como controlar cada etapa de sua execução.

Lembrando que não basta somente registrar cada movimentação financeira, é preciso também monitorar e acompanhar cada um dos lançamentos.

Portanto, estamos nos referindo a um processo cíclico em que para fazer um bom planejamento é preciso sempre estar apoiado em dados precisos e concretos que serão utilizados para estabelecer objetivos, metas e planos de ação.

E todos esses dados são obtidos durante a análise dos indicadores de desempenho, o que acontece na fase de controle do negócio.

Agora pare por um momento e reflita – de acordo com o que você aprendeu aqui, como está sendo feito o seu planejamento financeiro e controle financeiro?

Conte conosco; estamos sempre prontos para te ajudar!

Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *